segunda-feira, 23 de abril de 2018

Moradora do Riacho do Gado denuncia falta de medicamento no Posto de Saúde


Moradora de Riacho do Gado denuncia ao Blog do Dincão que o Posto de Saúde da referida comunidade está a messes com falta de medicamentos, especialmente Losartana de 50 e 100 Miligramas que serve para hipertensos. A denunciante foi mais alem e lembrou que em meu mandato os medicamentos de hipertensos e diabéticos eram entregues nas residencias dos portadores pelos agentes de saúde e endemias. Pedimos ao senhor prefeito do município de Tabira que tome as devidas providencias imediatamente pois isso é inadmissível !

PREFEITURA DE TABIRA CONTINUA PAGANDO A ENERGIA DA EMPRESA PRIVADA NA ARARA


Prefeitura Municipal de Tabira deixa de pagar o consumo de Energia Elétrica do Poço que abastecia a Comunidade de Campos Novos com água cristalina para o consumo humano. Este referido poço, sofre o corte de Energia por falta de pagamento a CELPE por parte da Prefeitura Municipal e prejudica os moradores da comunidade. Me chama atenção é o fato da Prefeitura Municipal de Tabira que continua a pagar a energia da fábrica de peças de motos na Arara, que segundo comentários, pertence a um Vereador. A meu ver, o senhor Prefeito de nosso município acha mais importante pagar o consumo de energia de uma fábrica que não pertence a Prefeitura Municipal do que pagar a energia de um poço que abastecia Campos Novos e demais comunidades da localidade. Inclusive, sendo mais grave é que por Lei, não é permitido ônus, ou seja, despesas por parte da Prefeitura Municipal. 
Para que fique claro, a lei de Nº 469/2008 que autoriza o termo de cessão de uso do imóvel diz no artigo 3º que correrão por conta da cessionária ( empresa ) que as despesas recorrentes de serviços e ou reforma necessária ao seu uso do imóvel sem que nada possa reivindicar ao município sobre as referidas despesas. Ou seja, não pode haver reembolso. Que fique claro que a Prefeitura não pode pagar a energia que infelizmente vem abusando do dinheiro público e descumprindo o contrato desde 2013 que foi celebrado em 10 de Julho de 2008 pelo então Prefeito Josete Alves do Amaral

Confira abaixo a segunda Via das contas referentes ao messes de Abril e Maio de 2018 onde o Cliente é a Prefeitura Municipal de Tabira que continua pagando o referido consumo de Energia Elétrica, até a presente data.






domingo, 22 de abril de 2018

CELPE CORTA A ENERGIA DO POÇO DE CAMPOS NOVOS POR FALTA DE PAGAMENTO

DENÚNCIA GRAVE: CELPE CORTOU ENERGIA DO DESSALINIZADOR DO POÇO DE CAMPOS NOVOS na quinta (19/04/2018) PORQUE A PREFEITURA DE TABIRA NÃO PAGOU A ENERGIA, POR CAUSA DISSO, OS MORADORES FICARAM SEM ÁGUA PARA O CONSUMO HUMANO



Blog do Dincão denuncia e a prefeitura faz autocritica

Depois da denúncia do Blog do Dincão sobre a compra da Ambulância com recurso que foi encaminhado pela Câmara Municipal de Vereadores para a Prefeitura Municipal de Tabira, a Prefeitura faz a autocrítica tomando as providências e abrindo uma licitação para compra do referido veículo mesmo com mais de 100 dias após a chegada do dinheiro. Essa é mais uma denúncia realizada pelo Blog do Dincão em que vemos os resultados aparecendo. Confira edital abaixo:





Morador denuncia ao Blog do Dincão rua em abandono

A ouvidoria do Blog do Dincão recebe denúncia gravíssima de um morador da rua Francisco Felizardo Maciel ( Próximo ao Batalhão de Polícia ) e manda foto do descaso com esgotos a céu aberto, rua esburacada causando poços de lama e atoleiro. Pedimos providências imediatas ao senhor Prefeito de Tabira. 






domingo, 15 de abril de 2018

Os valores não batem na construção da mini praça entre a placa e o contrato

Denuncio irregularidades na placa da obra de construção da Mini Praça Gonçalo Gomes. No contrato da referida obra diz que o valor é de R$ 208.989,48 ( Mais de 208 mil reais ), porem, na placa da obra está escrito que o valor da obra é de R$ 258.008,27 ( Mais de 258 mil reais ). Pergunto ao senhor Prefeito de Tabira, o contrato assinado por vossa excelência que é de R$ 207 mil reais, é realmente os 207 ou 258 como diz a placa ? Peço que seja explicado os reais motivos dessa diferença tão grande entre a placa e o contrato no prazo máximo de 15 dias.

Confira a placa e o contrato abaixo:




CONTRATO Nº: 00101/2017-CPL – PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 036/2017 – TOMADA DE PREÇO Nº. 003/2017 TERMO DE CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM A PREFEITURA MUNICIPAL DE TABIRA E CONSBRASIL - CONSTRUTORA BRASIL LTDA, PARA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS CONFORME DISCRIMINADO NESTE INSTRUMENTO NA FORMA ABAIXO: Pelo presente instrumento particular de contrato, de um lado Prefeitura Municipal de Tabira - Rua Albertina Xavier Pires, 239 - Centro - Tabira - PE, CNPJ nº 10.349.041/0001-41, neste ato representada pelo Prefeito Sebastião Dias Filho, Brasileiro, Casado, Poeta, residente e domiciliado na Praça Gonçalo Gomes, 72 - 1º Andar - Centro - Tabira - PE, CPF nº 153.553.654-34, Carteira de Identidade nº 1589940 SSPPE, doravante simplesmente CONTRATANTE, e do outro lado CONSBRASIL - CONSTRUTORA BRASIL LTDA - RUA SÃO SEBASTIÃO, 169 - TORRE - JOÃO PESSOA - PB, CNPJ nº 03.086.586/0001-47, neste ato representado por José Roberio da Silva, Brasileiro, Casado, Construtor, residente e domiciliado na Rua Senador Paulo Guerra, 58, Fátima - Tabira - PE, CPF nº 793.558.464-87, Carteira de Identidade nº 4156947 SSP/PE, doravante simplesmente CONTRATADO, decidiram as partes contratantes assinar o presente contrato, o qual se regerá pelas cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DOS FUNDAMENTOS DO CONTRATO: Este contrato decorre da licitação modalidade Tomada de Preços nº 00003/2017, processada nos termos da Lei Federal nº 8.666/93 e suas alterações e a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, alterada. CLÁUSULA SEGUNDA - DO OBJETO DO CONTRATO: O presente contrato tem por objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA EXECUÇÃO DA AMPLIAÇÃO DA PRAÇA GONÇALO GOMES, ATRAVÉS DE REPASSE COM RECURSO FINANCEIRO DO MINISTÉRIO DAS CIDADES PELO CONVÊNIO Nº 819845/2015. Os serviços deverão ser executados rigorosamente de acordo com as condições expressas neste instrumento, proposta apresentada, Tomada de Preços nº 00003/2017 e instruções do Contratante, documentos esses que ficam fazendo partes integrantes do presente contrato, independente de transcrição. CLÁUSULA TERCEIRA - DO VALOR E PREÇOS: O valor total deste contrato, a base do preço proposto, é de R$ 207.989,48 (DUZENTOS E SETE MIL NOVECENTOS E OITENTA E NOVE REAIS E QUARENTA E OITO CENTAVOS). Representado por: 4 x R$ 51.997,37. CLÁUSULA QUARTA - DO REAJUSTAMENTO: Os preços contratados são fixos pelo período de um ano, exceto para os casos previstos no Art. 65, §§ 5º e 6º, da Lei 8.666/93. Ocorrendo o desequilíbrio econômico-financeiro do contrato, poderá ser restabelecida a relação que as partes pactuaram inicialmente, nos termos do Art. 65, Inciso II, Alínea d, da Lei 8.666/93, mediante comprovação documental e requerimento expresso do Contratado. CLÁUSULA QUINTA - DA DOTAÇÃO: As despesas correrão por conta da seguinte dotação, constante do orçamento vigente: 15 451 1003 1039 - CONVENIO CONSTRUÇÃO / AMPLIAÇÃO / REFORMA DE PRAÇAS, PARQUES E JARDINS 000551 4490.51 - OBRAS E INSTALAÇÕES CLÁUSULA SEXTA - DO PAGAMENTO: O pagamento será efetuado na Tesouraria do Contratante, mediante processo regular, da seguinte maneira: Para ocorrer no prazo de trinta dias, contados do período de adimplemento. CLÁUSULA SÉTIMA - DOS PRAZOS: O prazo máximo para a execução do objeto ora contratado, conforme suas características, e que admite prorrogação nos casos previstos pela Lei 8.666/93, está abaixo indicado e será considerado a partir da emissão da Ordem de Serviço: Início: Imediato Conclusão: 4 (quatro) meses O prazo de vigência do presente contrato será determinado: 4 (quatro) meses, considerado da data de sua assinatura. CLÁUSULA OITAVA - DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATANTE: a - Efetuar o pagamento relativo a execução dos serviços efetivamente realizados, de acordo com as respectivas cláusulas do presente contrato; b - Proporcionar ao Contratado todos os meios necessários para a fiel execução dos serviços contratados; c - Notificar o Contratado sobre qualquer irregularidade encontrada quanto à qualidade dos serviços, exercendo a mais ampla e completa fiscalização, o que não exime o Contratado de suas responsabilidades contratuais e legais. CLÁUSULA NONA - DAS OBRIGAÇÕES DO CONTRATADO: a - Executar devidamente os serviços descritos na Cláusula correspondente do presente contrato, dentro dos melhores parâmetros de qualidade estabelecidos para o ramo de atividade relacionada ao objeto contratual, com observância aos prazos estipulados; b - Responsabilizar-se por todos os ônus e obrigações concernentes à legislação fiscal, civil, tributária e trabalhista, bem como por todas as despesas e compromissos assumidos, a qualquer título, perante seus fornecedores ou terceiros em razão da execução do objeto contratado; c - Manter preposto capacitado e idôneo, aceito pelo Contratante, quando da execução do contrato, que o represente integralmente em todos os seus atos; d - Permitir e facilitar a fiscalização do Contratante devendo prestar os informes e esclarecimentos solicitados; e - Será responsável pelos danos causados diretamente ao Contratante ou a terceiros, decorrentes de sua culpa ou dolo na execução do contrato, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade a fiscalização ou o acompanhamento pelo órgão interessado; f - Não ceder, transferir ou sub-contratar, no todo ou em parte, o objeto deste instrumento, sem o conhecimento e a devida autorização expressa do Contratante; g - Manter, durante a vigência do contrato, em compatibilidade com as obrigações assumidas, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas no respectivo processo licitatório, apresentando ao Contratante os documentos necessários, sempre que solicitado. CLÁUSULA DÉCIMA - DA ALTERAÇÃO E RESCISÃO DO CONTRATO: Este contrato poderá ser alterado, unilateralmente pela Contratante ou por acordo entre as partes, nos casos previstos no Artigo 65 e será rescindido, de pleno direito, conforme o disposto nos Artigos 77, 78 e 79 da Lei 8.666/93. O Contratado fica obrigado a aceitar nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou supressões que se fizerem necessários, até 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado do contrato. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - DAS PENALIDADES: A recusa injusta em deixar de cumprir as obrigações assumidas e preceitos legais, sujeitará o Contratado, garantida a prévia defesa, às seguintes penalidades previstas nos Arts. 86 e 87 da Lei 8.666/93: a - advertência; b - multa de mora de 0,5% (zero vírgula cinco por cento) aplicada sobre o valor do contrato por dia de atraso na entrega, no início ou na execução do objeto ora contratado; c - multa de 10% (dez por cento) sobre o valor contratado pela inexecução total ou parcial do contrato; d - suspensão temporária de participar em licitação e impedimento de contratar com a Administração, por prazo de até 02 (dois) anos; e - declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida sua reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade; f - simultaneamente, qualquer das penalidades cabíveis fundamentadas na Lei 8.666/93. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - DO FORO: Para dirimir as questões decorrentes deste contrato, as partes elegem o Foro da Comarca de Tabira. E, por estarem de pleno acordo, foi lavrado o presente contrato em 02(duas) vias, o qual vai assinado pelas partes e por duas testemunhas. Tabira - PE, 18 de Agosto de 2017. TESTEMUNHAS _____________________________________ _____________________________________ PELO CONTRATANTE _____________________________________ SEBASTIÃO DIAS FILHO Prefeito 153.553.654-34 PELO CONTRATADO _____________________________________ CONSBRASIL - CONSTRUTORA BRASIL LTDA JOSÉ ROBERIO DA SILVA 793.558.464-87

sábado, 14 de abril de 2018

Cai em Contradição o Líder do Governo na Câmara Municipal de Vereadores de Tabira


Vejam como alguns políticos mudam de personalidade e de opinião da noite para o dia. Vamos ler o que disse Dr. Marcílio Pires em Outubro de 2013, quando fazia uma avaliação do primeiro ano de Governo do então prefeito Sebastião Dias Filho quando dizia que:  " É o pior primeiro ano de governo da região". Segundo ele mesmo disse, durante entrevista ao Comunicador Léo Brasil na Rádio Tabira - FM, matéria inclusive reproduzida pelo Blog O Tabirense.
Misteriosamente, o ilustre vire Líder do Governo Sebastião Dias Filho e defende o governo com unhas e dentes sendo o melhor governo do pajeú. O que terá acontecido para Dr. Marcílio mudar de opinião do dia pra noite como se muda da água para o vinho ?

Leiam a matéria de Outubro de 2013 Postada pelo Blog O Tabirense

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

"Tabira vive o governo da mentira" afirma Marcílio Pires


          Na tarde de ontem (17) o odontólogo e presidente do PDT de Tabira, Marcílio Pires, concedeu entrevista ao comunicador Léo Brasil, onde pontuou sobre diversos assuntos relacionados a política nacional e local.
          Pires relatou ao início sobre a possível candidatura do Governador de Pernambuco Eduardo Campos para a disputa presidencial, na qual afirma que "é a hora de Eduardo". Em relação à política local, Pires fez duras críticas à atual gestão. " é o pior primeiro ano de governo da região" afirmou. Elogiou ainda o trabalho dos vereadores na Câmara Municipal de nosso município.
          Perguntado por nosso blog sobre qual seria o problema da atual gestão que impede o desenvolvimento de nossa cidade, Marcílio foi enfático em dizer que falta muita coisa nessa atual gestão.
Sobre ser candidato em 2016, Pires não descarta nem afirma que será candidato em 2016, "Não saí da política", disse.

Apoio- Sobre quem apoiará nas eleições de 2014, Marcílio Pires deixou definido o seu deputado Estadual, que será o Sertaniense Ângelo Ferreira, e afirmou que votará em Armando Monteiro se este for candidato ao Governo de Pernambuco, afirmando ainda que não subirá no palanque do mesmo em Tabira. Enquanto Deputado Federal, Pires vai esperar o posicionamento do empresário Arimatéia "quem Téia apoiar, estarei apoiando." Finalizou.
Por Rafaella Gomes DRT-PE 4899
Foto: Nego de Ana