terça-feira, 21 de novembro de 2017

Vereador desabafa faltando com a verdade


O vereador Aristóteles Monteiro e primeiro secretário da Câmara Municipal de Tabira, faltou com a verdade na tribuna da Câmara, ao fazer comentários a respeito da denúncia veiculada pelo ex prefeito de Tabira, Dinca Brandino em seu blog, onde merece ser enquadrado por quebra de decoro parlamentar e perder o mandato de vereador com base no artigo 55 da Constituição Federal por ter faltado com a verdade sobre o escândalo do consumo de energia elétrica pago pela Prefeitura Municipal de Tabira, no Governo Sebastião Dias para uma empresa de fabricação de sandálias. Segundo se comentários dos moradores da arara, essa empresa pertencia ao Vereador Aristóteles e família, onde hoje funciona uma empresa de peças de moto, segundo comentários que pertence a ele mesmo, mas mesmo assim, continuam os pagamentos constantes das despeças altíssimas de energia elétrica sendo pagos pela Prefeitura Municipal de Tabira. Depois do ilustre vereador ter lido nosso blog, fez comentários para distorcer os fatos sem nenhum fundamento jurídico, onde acabou dizendo que a denúncia formulada pelo ex prefeito é em partes verdadeira, mas nega que a empresa pertence a ele. E diz que houve um comodato entre a Prefeitura Municipal de Tabira no mandato de Josete Amaral e seu cunhado Vice Prefeito Aristides Santos por 10 anos para a referida empresa. Diz ainda que o gestor Josete Amaral em seu mandato pagava a energia do prédio pertencente a Prefeitura Municipal e ainda comentou que o ex prefeito Dinca sabia e também pagava o consumo de energia da referida empresa. Quero deixar claro que se ele fez um comodato na gestão do ex prefeito Josete Amaral em maio de 2005, foi do meu conhecimento que este comodato de cessão de uso é sem ônus para o município, ou seja, sem despesa para o município. Por exemplo, sem despesa para a Prefeitura Municipal de Tabira com manutenção do prédio e nem com fornecimento de energia elétrica. Porem, é importante ressaltar que os 10 anos do termo de concessão de uso do patrimônio público encerrou em Maio de 2015, onde inclusive naquele momento, o responsável pela empresa, deveria ter devolvido o imóvel para o município mas não devolveu, mesmo tendo encerrado o contrato para aquela finalidade que era para uso de uma empresa de fabricação de sandálias, cometendo desvio de finalidade que é crime com base artigo 20 da Lei nº 7.492/86. Como se tudo isso fosse pouco, o vereador ainda possui a coragem de afirmar que desconhece o ano e a data em que foi realizado o comodato de cedência do prédio público para a referida empresa. Para finalizar, solicito que o ilustre vereador para ser transparente e se livrar desta vergonhosa crise moral que se abateu sobre ele, deveria presentar a Câmara e a população o contrato e o ano em que foi celebrado o contrato da prefeitura com sua empresa e família e todo o histórico de consumo da referida empresa com a CELPE desde Maio de 2005 a novembro de 2017. Caso, vossa excelência não apresente estas provas cabíveis, ficará desmoralizado perante a sociedade e perante a Câmara Municipal. A partir disso, cabe a própria Câmara dar-lhe as punições com base na lei orgânica do município, pois isto para mim, é uma pouca vergonha, caso você não apresente a documentação que solicito, iremos mover uma ação de Improbidade Administrativa contra o Gestor atual e contra Vossa excelência com base na LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992.

A voz da experiência na Câmara com o novo Código Tributário


O vereador e líder do Governo na Câmara de vereadores, Dr. Marcílio Pires comentou na Câmara de vereadores do dia 20/11/2017, que ao visitar o Club de Campo em Tabira, foi colocado contra a parede por usuários daquele local que se reportavam sobre o Novo Código Tributário e indignados cobravam explicações do ilustre vereador que votou a favor do aumento de impostos e possui larga experiência tributária. Ele ainda comentou que esteve no mesmo dia na zona rural de Tabira, e lá se encontrava com cerca de 12 pessoas que o questionavam, sobre pressão, a sua atitude de ter sido a favor deste pacote de maldades que vem contrariando toda a população de Tabira. Independentemente de possuir condições financeiras grandes ou pequenas, todos serão atingidos. Inclusive, a Presidenta da Câmara Municipal de Vereadores faz comentários que ninguém se preocupe e que na realidade este Novo Código Tributário representa o desenvolvimento de Tabira, assim como, os demais que votaram a favor estão com a consciência tranquila que fizeram o bem, sem olhar a quem. Desejo dizer que ao meu ver, o céu só vai permanecer até chegarem os boletins de cobrança da Nova Carga Tributária na casa de todos os tabirenses. Porem, vocês terão a experiência e a sabedoria daqueles que continuam defendendo esse pacote de maldades para servir de conforto a surpresa que todos irão ter.

JOEL MARIANO DEFENDE OS TRABALHADORES RURAIS NA CÂMARA DE VEREADORES EM TABIRA


Quero parabenizar o Presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural de Tabira Joel Mariano que sempre defendeu o homem do campo e utilizou a Tribuna na Câmara de vereadores ontem  20/11/2017 para falar sobre distorções no Orçamento Financeiro que esta para ser aprovado pela Câmara municipal de vereadores para ser executado no ano de 2018. O presidente Joel Mariano foi muito feliz em suas colocações ao defender, como sempre, o trabalhador rural, questionando o valor destinado pela prefeitura municipal de Tabira que é de apenas 400 mil reais durante o ano de 2018 para ser utilizado na zona rural de nosso município. Questionou ainda, que desses 400 mil nem um centavo  foi destinado para ser utilizado em perfuração e instalação de poços artesianos da zona rural para sanar a sede dos tabirenses. Fez inclusive um apelo aos vereadores de situação e oposição para que fosse revisto esse orçamento que na realidade, 400 mil reais, é um valor insignificativo para o tamanho geográfico da zona rural de tabira. A preocupação de nosso grande amigo Joel Mariano e presidente do conselho de desenvolvimento rural é com a questão do êxodo rural, pois quanto menos se investe na zona rural, os agricultores abandonam o campo em busca de sobrevivência na cidade. Percebo eu, que tudo que se trata deste desgoverno que seja para beneficiar os mais humildes de um modo geral, fica em ultimo plano. Esperamos que a Câmara de Vereadores de Tabira, após o apelo do presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural que faça um remanejamento dos recursos de em média 2 MILHÕES de reais para atender o homem do campo pois assim, ficaria de bom tamanho.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ESCÂNDALO NO CONSUMO DE ENERGIA EM TABIRA

DEVE EXPLICAÇÃO AO POVO DE TABIRA!
DEVE EXPLICAÇÃO AO POVO DE TABIRA!

Foi realizado uma concessão de uso da escola da comunidade de Arara em 2013 para o funcionamento da fábrica Dá no Pé que fabrica sandálias. Esse termo de concessão de uso foi de 10 anos para Aristóteles Monteiro e Família. Este mesmo prédio localizado na comunidade de Araras depois do fechamento da empresa Dá no Pé, voltou a funcionar no Governo do Prefeito Sebastião Dias como uma fábrica de peças de motos. Segundo comentários dos moradores da Araras, essa fábrica pertence exclusivamente ao Vereador Aristóteles Monteiro que é da base do Governo Sebastião Dias na Câmara de Vereadores. Depois que verifiquei o número do relógio e o consumo de energia elétrica através do site da CELPE, utilizado pelo referido prédio cedido pela prefeitura ao vereador Aristóteles,  constatei que de fato quem paga a energia elétrica utilizada por esta fábrica é a Prefeitura Municipal de Tabira. Acredito que isso é gravíssimo pois em 2013 Sebastião Dias virou Prefeito de Tabira e Aristóteles Monteiro se tornou vereador, ambos foram a favor do desligamento da energia utilizada por todos os poços artesianos da zona rural que inclusive eram pagos pelo meu Governo de 2009 a 2012. Desejo saber até onde foi a consciência deste vereador que admite o desligamento de todas as energias dos poços artesianos da zona rural, mas admite ser correto a Prefeitura Municipal de Tabira pagar o consumo de energia elétrica de sua própria empresa para enriquecimento próprio mesmo tendo sido a favor de cobrar a taxa de Iluminação Pública da Zona Rural. No site da CELPE através do número do contrato 001772522017, apenas conseguimos visualizar o consumo de energia elétrica entre o dia 25/10/2016 e 24/10/2017. Cabe agora a Câmara Municipal de Vereadores de Tabira investigar desde quando a prefeitura Municipal de Tabira paga a energia para essa empresa pois os valores são alarmantes, inclusive apenas no mês 11 de 2017 foi consumido 2281.00 KWh que é o equivalente a R$ 1.743,68. Confira o histórico de consumo do referido prédio em apenas 12 messes, por isso o ilustre vereador deve explicações ao povo de Tabira.


Salários atrasados em Tabira


Prefeitura Municipal de Tabira continua com folhas de pagamento em atraso. Inclusive sem previsão de pagamento dos 13º salários, enquanto isso, a cidade continua no caus com ruas esburacadas, faltando médicos e medicamentos, faltando assistência social, enfim Tabira esta abandonada, sem rumo, sem governo e sem providência. Ninguém aguenta mais isso!!! Enquanto isso, ainda tem gente que diz que Tabira vai muito bem. Resta a pergunta, vamos bem, pra onde ?

domingo, 19 de novembro de 2017

Prefeito falta com a verdade


O Prefeito de Tabira e sua equipe de saúde, justificam a população tabirense que o Raio-X não funciona no hospital por causa da CELPE. Porem, desejo saber quando o senhor vai parar de mentir para os Tabirenses ? O senhor mente como se ninguém tivesse conhecimento da verdade! Já fui Prefeito de Tabira 3 vezes, inclusive o Raio-x que lá está, foi comprado por minha gestão e funcionava em minhas gestões. Durante meus 3 mandatos, a energia elétrica nunca foi problema para o não funcionamento de algum aparelho de saúde. Todos os equipamento, durante meus mandatos, sempre funcionavam como Raio-X , equipamento de endoscopia, ultra sonografia, equipamentos laboratoriais para realizar exames... quero aproveitar e dizer que coloquei um transformador enfrente ao hospital e solicitei a CELPE que fizesse uma única rede exclusiva para esse transformador, para assim, atender ao hospital de Tabira e economizar a despesa de energia elétrica. Mas a desculpa sempre é a mesma para quem nunca quer fazer nada em benefício das pessoas.

Prefeito de Tabira é ingrato com o Governo de Pernambuco


Prefeito de Tabira fez desabafo ao se encontrar com autoridade Pernambucana, e diz que não tem feito uma boa gestão na terra das tradições, por que não tem o governador Paulo Câmara ao seu lado. Neste momento, respondi aquela autoridade que esse desabafo infundado do atual gestor não procede pois o Prefeito de Tabira precisava mostrar quais as obras que foram feitas pelo Governo do Estado e quais as obras que foram feitas pelo Desgoverno Municipal através de sua gestão, para assim, fazermos o comparativo. Mas infelizmente ao meu ver, vossa senhoria não tem o que mostrar para fazermos o comparativo, sendo assim, agradeça e reconheça que tudo que foi feito em Tabira é graças ao Governador Paulo Câmara e ao FEM - Fundo Emergencial dos Municípios, vale lembrar que as obras do Estado só foram realizadas graças ao Governo que só libera o dinheiro após a execução da obra, do contrário não haveria nada para mostrar.